Visita ao centro do lobo ibérico Mafra

DSC01000-ANIMATION.giflobo_mafra_6A_6C_Aristides_Cidalia

< https://www.facebook.com/AgrupamentodeEscolasdeAgueda/posts/2826926330652863 >

«Alunos da EB Fernando Caldeira avistam lobos ibéricos

No âmbito do concurso nacional “A árvore de Natal dos lobos” que as turmas 6.º A e 6.º C venceram no ano letivo passado, os alunos viram chegado o momento tão ansiado por todos:
visitar o Centro de Recuperação do Lobo Ibérico” em Mafra.
A visita que decorreu durante a manhã do passado dia 15 de novembro foi preparada com muito entusiasmo, tendo os alunos a oportunidade de alargar conhecimentos sobre o lobo ibérico, quer através de pequenas palestras, quer através dos vários percursos efetuados no Centro de Recuperação daquela espécie animal.
Vários foram os lobos que alunos e professores puderam avistar, revelando as suas características e o seu “modus vivendi” num habitat rigorosamente preparado com todas as condições de vida em cativeiro semelhantes à vida em liberdade e segurança com reduzida perturbação humana.
A observação dos lobos proporcionou a todos os participantes oportunidades únicas relativas à temática da conservação da espécie e da biodiversidade em geral.
O Centro de Recuperação do Lobo Ibérico ocupa 18 hectares de terreno, num arborizado e isolado vale. Situa-se na freguesia do Gradil, no concelho de Mafra, a cerca de 30 Km a Norte de Lisboa.
Neste Centro é desenvolvido um programa de estudos científicos e pedagógicos que informa o público sobre a bio-ecologia e o comportamento do lobo, os perigos que enfrenta e a importância da sua conservação, sendo o bem-estar do lobo ibérico a principal preocupação.
A tarde trouxe aos alunos a visita à Aldeia-Museu José Franco situada entre a Ericeira e Mafra.
Esta aldeia é uma recriação de uma aldeia de carácter etnográfico, onde se encontra espelhado o modo de viver das gentes locais. Trata-se de uma réplica das antigas oficinas e lojas, dos espaços comuns, decorados por objetos reais e onde se reproduziam os costumes e atividades laborais na
região de Mafra, no tempo de infância do seu criador, o oleiro José Franco.
A aldeia-museu conta com uma área de lazer, dedicada às crianças, repleta de miniaturas de casas e habitantes que retratam bem os ofícios do início do século XX naquela região de Portugal.
O entusiasmo de todos os alunos foi uma constante durante todo o dia. Regressaram cansados trazendo uma mala repleta de ensinamentos e novas experiências.»

CC

eco registo fotográfico : https://photos.app.goo.gl/b8tZoUxiQui9xY9U9

[P.S. no transato 18/19 5A DT Carmo Cupido EV  Aristides Rodrigues | 5C DT Helena Pinto EV Cidália Rodrigues ,Cidalia Rodrigues , em 09/01/2019 escrevia- Retificação: As turmas do 5A e 5C ficaram no 1.º e 2.º lugar. e não 1.º e 3.º como erradamente se noticiou…]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s